28.7.07

Lada Laika, meus dois amores


Era uma manhã fria de agosto, 1991, quando eu comprei à vista 2 Lada Laika brancos. Foi a melhor sensação da minha vida, só substituída pelo choro do Lucas ao nascer, também em 91. Relembrar é viver! E hoje estou o próprio baú da felicidade.

2 comentários:

Adriana Amaral (Lady A.) disse...

oi Pollyana, td bem? nada a ver com o assunto do post mas olhei a lista do Rogério (monitorando) e tu estavas lá. vim aqui olhar então. sou colega da diana domingues que sempre fala tri bem de ti :) bjao

Leandro disse...

estou procurando informaçoes sobre o lada, ainda possui um?
esta dificil de encontrar peças?
e o consumo de combustivel?
meu email é pacheco_32@yahoo.com.br